segunda-feira, 29 de março de 2010

A Primeira Transa de Uma Mulher.

Dúvidas, perguntas e respostas nos comentários. Todas as mulheres ficam imaginando como será sua primeira transa. Imaginam o homem ideal, suas características físicas, o local mais interessante onde vai rolar a primeira vez. As fantasias com o que poderá vir acontecer, são as mais variadas possíveis, passando de um simples encontro de corpos num motel, sem maiores divagações, à noites de prazer intermináveis, onde o desejo parece inesgotável!

O que ocorre nesses momentos que precedem a transa real é uma enorme carga de pensamentos confusos, porém perfeitamente possíveis de serem concretizados na cama, ou seja, se você deseja ficar com determinado rapaz, sabendo usar de seu charme e sedução, provavelmente isso irá acontecer. Agora podemos ver um quadro muito interessante: tudo bem, você conseguiu seduzir aquele rapaz, foram para um lugar especial (pode ser no quarto de casa mesmo, seu ou dele), e na hora da coisa rolar, você se sentir totalmente estranha, e se perguntar “o que é que eu estou fazendo?” e, de repente, o seu desejo acabar?

A verdade é que a ansiedade acumulada durante todo esse tempo pode fazê-la antecipar sua primeira vez, aí você chegar à conclusão de que não era ele a pessoa certa, tampouco era o seu momento. Ou, ainda, ele pode não corresponder às suas expectativas, agindo afoitamente, ou mesmo sendo bruto em suas ações, mostrando a você um lado que você ainda não conhecia.

De qualquer maneira – e isso serve para homens e mulheres – a primeira transa nem sempre é como a idealizamos. Na hora decisiva, se um dos dois não estiver totalmente à vontade: com medo da nova situação, vergonha do próprio corpo exposto, ou com os nervos à flor da pele, podem acontecer coisas não muito agradáveis a você, a ele, ou a ambos. Por isso, é bom que a primeira transa aconteça dentro de um relacionamento mais longo, onde os dois se conheçam bem, já estejam na fase das preliminares, onde os amassos já são mais ousados. A tendência é dar certo, pois os ingredientes para sua primeira vez já estão todos na mesa (cama): já se beijaram, se abraçaram, tocaram seus sexos, se experimentaram...

Pode acontecer – e de fato acontece, e como! – de você acabar tendo a sua primeira transa com um estranho, depois de uma balada, uma festa na casa de uma amiga, etc. Aí, aconteceu e ponto! Nada de ficar se culpando por algo que aconteceu sem você ter planejado, isso é mais comum do que você pode imaginar.

A primeira vez de uma mulher é inesquecível, seja pelo fascínio de descobrir a plenitude de sua sexualidade, o sentimento saciado do desejo, a experiência realizada até o fim. Certamente, não será a melhor transa de sua vida, quer pela sua pouquíssima experiência (ou a dele), somada à toda a ansiedade provocada pela espera.

Dicas para uma transa legal:

* estar muito afim do rapaz
* estar se sentindo bem à vontade, com ele
* estar sóbria (não beba exageradamente, depois você nem se lembrará do que fez sexo, e o pior: com quem transou!
* não fique esperando um príncipe encantado e um Dom Juan (é muito difícil acontecer, e pode gerar em você sentimentos de fracasso e frustração
* estar certa que o momento é esse
* em hipótese alguma aceitar usar drogas para “se soltar”, você fica presa à dependência, depois
* para a sua proteção, tenha sempre preservativos em sua bolsa, nunca faça sexo sem camisinha, além de você poder contrair doenças sexualmente transmissíveis, como a AIDS, por exemplo, ainda poderá sofrer as consequências de uma gravidez indesejada e inoportuna. Previna-se!!!

Tudo acontece a seu tempo!



Fonte:http://namoronaboa.blogspot.com/2009/05/primeira-transa-de-uma-mulher_16.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário